Director Nacional 2017-04-11T09:29:42+00:00

Director Nacional

jose-carlos-fernandez-director-nacional-nova-acropoleBreves notas biográficas

José Carlos Fernández nasceu em Navalmoral de la Mata (Cáceres, Espanha) em 1965. Cursou na Universidade alguns anos de Física, Pedagogia, Filosofia Clássica e Empresariais, cátedras que conciliou com o estudo das matérias do Programa de Estudos da Nova Acrópole. É escritor, investigador e colabora com várias revistas escrevendo artigos, especialmente a Esfinge e Cadernos de Cultura. Realizou guiões para documentários sobre a Córdoba Omeia e Romana, Simbolismo na Pintura de Júlio Romero de Torres, os Pátios de Córdoba e o Simbolismo de Arte Tibetana. Incansável viajante, realizou viagens de investigação ao Egipto, Perú, Grécia, Itália, Turquia para além de organizar viagens culturais seguindo a “rota dos dólmenes” em Espanha, Portugal e Bretanha.
Actualmente lecciona cursos de História da Filosofia, Psicologia, Simbolismo da Arte, Oratória e Dialéctica.
Publicações

É autor dos livros Córdova Eterna, A Viagem Iniciática de Hipátia, Florbela Espanca: vida e alma de uma poetisa, Reis, Poetas e Sábios de Portugal (I) e Ibn Qasi, o Rei Iniciado do Algarve. Também foi coordenador das edições de Grécia Mágica, a Atlântida: mito ou realidade, Os Templários e o Caminho de Santiago, Valores Eternos e colaborador das exposições O Egipto Secreto e Dom Dinis, o rei civilizador.

O seu trabalho na Nova Acrópole

O professor José Carlos Fernández ingressou na Nova Acrópole no ano de 1982, em Madrid, Espanha recebendo aulas do fundador da OINA, Professor Ángel Livraga e da actual Directora Internacional, Délia Steinberg Guzmán. Desde a sua entrada como membros da Associação, cursou satisfatoriamente o Programa de Estudos desta Escola de Filosofia, destacando-se nas matéria de Investigação, Simbologia e Oratória.
Desde o ano de 2004 reside em Portugal e é Director da Nova Acrópole, onde coordena todos os seus trabalhos editoriais. É também Director do Centro de Estudos de Matemática e Geometria Sagrada Lima de Freitas e das Revistas Acrópole e Conhece-te a ti mesmo. Já professou cerca de mil conferências de mais de uma centena de temas científicos, literários, artísticos e históricos –sempre no seu aspecto humanista- comprovam um trabalho incansável de busca e exposição dos pilares da cultura que são os pilares da alma humana.

Leia aqui os seus artigos