Logo_NA_Verde_2013    
     
  a   a   a   a   a   a   a   a   a   a  
                             
 

As Quatro Faces da Pirâmide

 

Pirâmide

 

 

 

 

 

 

 

 

Um antigo ensinamento egípcio utilizava a pirâmide como modelo para chegar à cúspide da evolução. Se a pirâmide se observa desde a sua base, oferece quatro faces claramente distintas que partem até acima; são como caminhos diversos que aparentemente levam a fins diversos também. No entanto, se iniciássemos a subida por alguma das suas faces, veríamos com grande surpresa que a separação entre cada vertente diminui, e que contrariamente ao que parecia de baixo, todas as faces desembocam num mesmo vértice superior. Deste modo, os sábios egípcios mostravam a possibilidade humana de chegar à mesma Verdade Essencial através de distintas vias, segundo a natureza humana. Mencionavam-se quatro vias fundamentais, nas quais cabiam todas as actividades possíveis para o homem: a Religião, a Ciência, a Arte e a Política.

"A via da religião é uma forma efectiva de união do homem consigo mesmo, com os outros homens e com Deus."



A via da religião é uma forma efectiva de união do homem consigo mesmo, com os outros homens e com Deus. Realiza-se através da Mística, o acto espiritual que põe em contacto com os Mistérios ou, como define o fundador da Nova Acrópole, Jorge Angel Livraga, toda a acção feita com boa vontade e eficácia.

A via da ciência deveria eliminar por princípio todos os tabus típicos das modas temporais, e não negar rotundamente aquilo que não se sabe ou que não se pode comprovar. Em vez disso, haveria que experimentar com um espírito aberto, seguindo com ele um caminho de aproximação progressivo até a Verdade. A Ciência não cria o que descobre, mas sim, descobre uma vez mais as eternas Leis da Natureza. Não é para destruir, mas sim o contrário, procura os meios para promover a construção de um mundo melhor. 

A via da Arte não se fundamenta só nas emoções vulgares e nos sentimentos, mas deve desenvolver a intuição dos Arquétipos, das Ideias Primeiras que, na sua perfeição, incluem logicamente a Beleza. A Arte caracteriza-se pelo seu conteúdo transcendente que em vez de levar o homem comum para o seu quotidiano, ajuda-o a voltar-se para o que há de Belo em si.

A via da Política é a ciência e a arte de plasmar uma Civilização. E entendamos por Civilização, um molde – na terra – de convivência humana que sirva de apoio à Lei da Evolução. Assim, é impossível conceber uma Civilização que não leve à evolução. Trata-se de formar o indivíduo de tal maneira que este já não se satisfaça com a simples vida de intercâmbio da sociedade, mas que aspire a um Estado orgânico onde todas as potencialidades possam ser harmonicamente desenvolvidas. Trata-se de passar da fraca consciência do sono para a clareza da visão de vigília; trata-se de transitar das formas anárquicas e indefinidas para a Ordem Universal. 

O nosso mundo conhece muito pouco estas quatro vias do modelo piramidal, ainda que manuseie os conceitos correspondentes a cada uma delas. Mas o manuseio destes conceitos é tão deficiente que pode chegar a ser traumático; há quem prefira “nem ouvir falar” de ciência, religião, política ou arte, para não reconhecer que há muita dor nisso, mas pouco conhecimento. Tudo isto é produto do ponto de vista baixo em que nos encontramos em relação à pirâmide; Todas as discussões se produzem ao nível da base. À medida que se ascende na evolução, a perspectiva muda, tanto do que está em baixo como do que está em cima. E já no cume da pirâmide, vê-se com toda a clareza o caminho feito e o sentido de cada um dos passos dados. Em cima domina-se o panorama; em cima chegam os que alcançaram a Sabedoria, os que superaram vários escalões na marcha evolutiva.

Arquivo Nova Acrópole

 

curso_filosofia

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 
 
  Nova Acrópole  
  imagem  
  CURSO FILOSOFIA PRÁTICA
A Sabedoria Viva das Antigas Civilizações
 
   
  Vide Programa do Curso  
 

  ACTIVIDADES n.a. EM PORTUGAL  
 

a

 
  Aveiro  
  Braga  
  Coimbra  
  Lisboa  
  Oeiras-Cascais  
  Porto  
   
  Notícias  
     

  NOVA ACRÓPOLE INTERNACIONAL  

  Anuários  
  Resoluções da Assembleia Geral  
     
  Perguntas Frequentes  
   
     
  Nova Acrópole Internacional  
     

SITES N.A. EM PORTUGAL

Porto
Coimbra
Aveiro
Braga
 

  outros cursos  

   
  Arte de Falar em Público  
  Cursos de Matemática e
Geometria Sagradas
 
  Florais de Bach  
  Outros Cursos  
     

  REVISTA ACRÓPOLE  

   
     

  NOVIDADES EDITORIAIS  

  TÍTULOS PUBLICADOS  
   
 

 
© Nova Acrópole 2009 | Optimizado para monitor 1024X800 | Mapa do site | Webmaster